Homem é preso suspeito de matar companheira cadeirante em Pirajuí

Suspeito foi preso na noite de segunda-feira (13).

Segundo a polícia, vítima foi morta por asfixia após uma discussão do casal, em dezembro de 2019.

Homem é preso suspeito de matar companheira cadeirante em Pirajuí Divulgação/Polícia Civil Um homem de 48 anos foi preso na noite de segunda-feira (13) suspeito de matar a companheira cadeirante asfixiada, no Jardim Aclimação, em Pirajuí (SP).

Segundo a Polícia Civil, Cleusa da Silva, de 48 anos, morreu depois de dar entrada no pronto-socorro da Santa Casa, no dia 22 de dezembro, com marcas no tórax e no pescoço. O suspeito, Antônio Márcio Brito, companheiro da vítima e que a levou para ser socorrida, informou à equipe médica que havia encontrado a mulher caída no chão da casa. Após suspeitas dos médicos, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame necroscópico, onde foi constatado que a vítima havia morrido por esganadura. Após investigações, a polícia concluiu que Antônio Márcio matou a companheira intencionalmente.

Ele foi encaminhado à cadeia pública de Avaí, onde permaneceu à disposição da Justiça. Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília
Categoria:SP - Bauru e Marília